Tags

, , , ,

Toda eleição os candidatos fazem promessas que não irão cumprir, mas que iludem as pessoas. Um mundo de fantasia é criado. E, consciente ou inconscientemente as pessoas se deixam enganar.

Enquanto continuarmos votando em pessoas e promessas e não em projetos, nada disso mudará!

Em recente pesquisa encontrei uma reportagem do jornal “A Notícia”, do dia 27 de setembro de 2004, em que afirmava:

Se todas as promessas feitas pelos candidatos à Prefeitura da Capital forem cumpridas, a cidade tem tudo para se transformar, muito em breve, na oitava maravilha do mundo. Dinheiro para tudo isso tem.”

Naquela eleição, o eleito foi o atual prefeito de Florianópolis, o então candidato Dário Berger. Veja abaixo as suas promessas de campanha. Detalhe: as promessas foram feitas antes da sua primeira eleição!

Como oito anos se passaram e o prefeito está tentando eleger seu sucessor, que tal conferir o que foi cumprido?

Escolas em período integral e 4 policlínicas 24h! Confesso que aí estão duas questões que não consegui conferir por não encontrar nenhuma informação nos sites das Secretarias Municipais de Educação e Saúde.

Aumentar a faixa de areia das praias. Hum, oito anos se passaram. Alguém pode me ajudar e informar quais prais tiveram a faixa de areia aumentada? Na Armação tenho certeza que isso não ocorreu …

Pavimentar todas as ruas do município. Era uma promessa de que em quatro anos TODAS as ruas do município estariam pavimentadas. Passaram-se oito anos e a sua rua ainda não recebeu pavimentação!? Quem mandou acreditar em promessa!

Saneamento básico em todos os bairros. Você nem percebe a pegadinha desta promessa, não é? Não foi prometido saneamento básico em todos os bairros e no bairro todo. Pois se assim o fosse seria em toda a cidade. Mas da forma como foi prometido basta um pouquinho de saneamento em cada bairro da cidade que a promessa está cumprida!

Sobre este tema, vale a leitura dos seguintes links:

Florianópolis é réu no Ministério Público por falhar na fiscalização do saneamento básico“, DC, 24/03/2012.

“Saneamento básico na região de Florianópolis é discutido na Assembleia Legislativa”, Floripa Amanhã, 16/07/2009.

O secretário adjunto de Saneamento de Florianópolis, Nelson Bittencourt, afirmou que a Capital tem 99,5% da sua população contando com abastecimento de água, mas apenas 50% têm rede de tratamento de esgoto.”

Despoluição da Lagoa da Conceição. Uma promessa do ano de 2004. Mas no dia 20 de março de 2012 saiu a seguinte notícia no ND Online: “Prioridades para despoluir a Lagoa da Conceição saem em 60 dias“. Ué, não era para ter ocorrido nos últimos oito ou quatro anos???

Novo Centro Administrativo. Isto aí virou lenda! Mas uma para os casos e ocasos da Ilha!

Conjuntos habitacionais em toda a cidade. Você passou muito rápido os olhos e não leu direito. Vou repetir em letra maiúscula: CONJUNTOS HABITACIONAIS EM TODA A CIDADE. Oito anos se passaram e quantos conjuntos habitacionais foram construídos? Ah, devem estar considerando as autorizações concedidas para a construção desenfreada de edifícios pela cidade!

Arena de espetáculo. E aí, quantos shows, peças de teatro, um espetáculo qualquer, você já assistiu na Arena de Florianópolis? Nenhum, é claro. Afinal, ela nunca foi construída.

Postos policiais em todos os bairros. E aí, no seu bairro tem posto policial? Se tem, no posto tem policial? Ou você precisou contratar segurança privada?

Vou parar por aqui.

E você vai continuar acreditando em promessas? Tablets e “tarifa zero” para estudantes?

Sobre a tal tarifa zero, mesmo que ela seja implantada quem pagará a conta serão os habitantes de Florianópolis. Pois ou haverá subsídio do Município para as empresas ou então será criado o tal fundo que será constituído de receitas de estacionamentos do município/Aflov. Ocorre que destes estacionamento os recursos são direcionados para obras sociais (pelo menos deveriam por lei). Assim, com menos recursos para o social, aumentará ainda mais a desigualdade social e todos os problemas que tal situação acarretará para a cidade.

Anúncios